top of page
Buscar
  • Foto do escritorCarina de Góes

Reino de Amigos

Atualizado: 22 de mai.

Quando pensamos em Jesus e como Ele vivia com seus discípulos, vemos que Ele focou seu ministério em fazer a vontade de Deus e fazia parte dessa realidade ter relacionamentos. Durante três anos Ele compartilhou a sua vida, discipulou e amou cada um deles. E é bem engraçado pensar em quem cada um deles era para que o próprio Deus encarnado tivesse dado o privilégio de ser seu amigo.


Em algumas ocasiões Jesus levou apenas esses três consigo (Mateus 17:1-2), com quem tinha uma intimidade especial, Pedro, Tiago e João. Além dos doze apóstolos, Jesus tinha outros discípulos que poderiam ser considerados seus amigos. Ele ficava na casa de alguns e comia com eles. Naquele tempo, comer juntos era um sinal de amizade.

Jesus tinha uma amizade especial com uma família em particular: a família de Lázaro, Maria e Marta. Os três eram bons amigos de Jesus e o hospedavam regularmente. Ele ficou na casa deles durante sua última semana antes de morrer (João 12:1-2).


Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a sua vida pelos seus amigos.


Durante seu tempo na terra, Jesus não se manteve afastado. Ele formou amizades verdadeiras e investiu em seus amigos. Seus amigos eram homens comuns, pecadores que as vezes metiam os pés pelas mãos, mas Jesus não se afastou deles por isso, antes os corrigiu e continuou investindo neles.

E é isso que Ele faz conosco, ainda hoje Jesus deseja ser o nosso Amigo. Ele entregou Sua vida na cruz para tivéssemos paz com Deus, e pudéssemos ser seus amigos. Aquele que é um perfeito amigo, que não trai, não vai embora no dia mau, que se alegra com as nossas conquistas. Que privilégio ter esse Amigo! Entretanto essa amizade não é uma via de mão única, ele nos ensina que:


Vocês serão meus amigos, se fizerem o que eu lhes ordeno.


Ser amigo de Jesus é fazer o que Ele nos ensina, e o que Ele nos ensina está em Sua Palavra. Portanto, não é algo que é meramente um sentimento, um momento ou uma boa atitude. Ser amigo requer entregar sua vida, escolhas, fracassos e vitórias a Deus.


Se vocês obedecerem aos meus mandamentos, permanecerão no meu amor, assim como tenho obedecido aos mandamentos de meu Pai e em seu amor permaneço.


Uma das consequências de permanecer em Cristo é amar, não como dizem por aí que é o amor. Jesus não amou os discípulos ou a nós porque somos amáveis, incríveis e perfeitos, muito longe disso! Amar não é ter afinidade, não é um sentimento, não é resultado de uma troca. Jesus amou porque Ele é amor, e como seus amigos, devemos buscar amar também.


O meu mandamento é este: amem-se uns aos outros como eu os amei.


Os discípulos eram homens falhos, e vemos muitas passagens onde eles demonstram suas fraquezas claramente, mas ao passar do tempo e o agir do Espírito Santo eles se tornaram os pais da igreja. Eles puderam entregar as suas vidas por amor a Cristo e aos seus irmãos, eles não só entenderam mas viveram esse Amor. Os discípulos permaneceram em Cristo e em Sua Palavra, e se nós permanecermos também conseguiremos viver essa realidade.


Aí resta um desafio para nós, vendo que amar é tão profundo e não é um mero sentimento. Como posso buscar amar as pessoas ao meu redor? Permaneço em Cristo e em Sua Palavra? Como posso ser um amigo/amiga como Jesus foi, não só para quem tenho afinidade, mas para todos que Deus colocar em minha vida?



Com carinho,

A Semeadora





46 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo

2 Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
camilamc.mila
camilamc.mila
Jan 31, 2022

Texto maravilhoso! Quero ter muitos amigos em Deus 😍

Like
Carina de Góes
Carina de Góes
Jan 31, 2022
Replying to

Eu também!! ❤️🙏

Like
bottom of page